Além disso, cole esse código imediatamente após a tag de abertura :
Loader

Blog

21 AGO Olimpíada de Ciências estimula o conhecimento

Olimpíada de Ciências estimula o conhecimento

Mais de 30 alunos do Ensino Médio do Colégio Sigma participaram da 1ª fase da Olimpíada Nacional de Ciências, realizada no início de agosto. O desafio de participar da competição foi encarado de forma prazerosa pelos alunos, que agora estão na expectativa do resultado da prova para ver se vão participar da 2ª fase. A segunda etapa está prevista para acontecer no dia 29 de setembro.

A Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) é uma realização de três Sociedades Científicas: a Sociedade Brasileira de Física (SBF), Associação Brasileira de Química (ABQ) e o Instituto Butantan, e é resultado de um convite do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) às duas Sociedades e se destina a estudantes do Ensino Médio e do último ano (9º ano) do Ensino Fundamental.

Marisa Garcia, orientadora pedagógica do Ensino Médio do Colégio Sigma, conta que este ano participaram da prova alunos de todas as séries do Ensino Médio do colégio. Segundo ela, os alunos foram muito participativos e engajados. “O trabalho desenvolvido nos dias que antecederam as provas objetivou incutir no cotidiano dos alunos a importância de participar de uma Olimpíada. A expectativa foi alta, no sentido dos estudantes desejarem obter resultados, e agora estão na torcida para prosseguir para 2ª fase”, conta.

Para a orientadora, participar da Olimpíada de Ciências é uma oportunidade para os alunos do Sigma interagirem com outros estudantes em um contexto diferente da atividade cotidiana e também de receberem feedback, pois se trata de uma avaliação externa. “Participar de uma atividade como essa sempre ajuda a motivar os alunos e potencializa a curiosidade e o comprometimento deles”, diz Marisa, revelando que eles já querem participar de olimpíadas de outras áreas do conhecimento.

O professor Rodolfo da Costa Funfas, de Química, diz que ficou muito feliz ao ver a atitude dos alunos do Colégio Sigma quando a instituição recebeu o convite para participar da ONC. “Nossos alunos abraçaram a ideia e se inscreveram para a prova”, lembra Funfas. Essa avaliação, acrescenta o professor, nivela os alunos por cima, pois testa seus conhecimentos e aprendizagem. E ele destaca que a cada ano, a ONC atrai mais alunos, com diferentes objetivos, entre eles testar o que aprenderam, pela competição em si ou somente por gostarem de ciências.

Para Rodrigo Dambrozio, professor de Biologia, eventos como esse da Olimpíada de Ciências são fundamentais para o desenvolvimento dos alunos, uma vez que são instrumentos de avaliação de parâmetro nacional e possibilitam a criação de novos desafios para os estudantes. Dambrozio acrescenta que com essas atividades, já nas primeiras séries do Ensino Médio, é possível os alunos começarem a se preparar para os diferentes processos seletivos, como os vestibulares.