Além disso, cole esse código imediatamente após a tag de abertura :
Loader

Blog

11 DEZ Projeto apoiado pelo Sigma doa livros a alunos de escola municipal

Projeto apoiado pelo Sigma doa livros a alunos de escola municipal


O projeto Batuque na Caixa, que tem apoio cultural do Colégio Sigma, encerrou o ano de atividades com a doação de 450 livros infantis para alunos da escola municipal Maria Shirley Barnabé Lyra, localizada na zona leste de Londrina. Os livros foram doados pelo instituto Itaú Cultural, que também apoia o projeto londrina. Prestes a completar 20 anos, o Batuque na Caixa leva oficinas de música, literatura e teatro para estudantes em parceria com escolas, centros comunitários e espaços alternativos.
A doação de livros marcou o início da parceria do projeto com a escola municipal, que a partir do ano que vem receberá aulas de música e teatro ministradas pela equipe do Batuque durante o contraturno escolar. “Será muito importante para as crianças da região, principalmente as que se encontram em situação de vulnerabilidade social e jamais teriam acesso a essas atividades”, afirmou a diretora Neia Barreto.  
Em 2018, o Projeto Batuque na Caixa foi um dos finalistas do Prêmio Itaú Unicef 2018, que reconhece as melhores iniciativas nacionais em educação e cultura para crianças e adolescentes. A equipe do projeto comemorou também a premiação do professor Clodovil Morais no prêmio Culturas Populares 2018. Ele foi condecorado pelo Ministério da Cultura na categoria mestre de cultura popular junto a outros grandes nomes nacionais.
Além disso, o circuito de poetas londrinenses realizado pelo Batuque foi finalista do Prêmio Internacional Iber Bibliotecas 2018, que reconhece as melhores iniciativas das Américas na área de valorização do livro e da leitura.
Para o coordenador do Batuque na Caixa, Aldo Moraes, 2018 foi um ano de muito reconhecimento. “Graças ao apoio dos nossos patrocinadores, conseguimos realizar muitas ações. Os três prêmios que recebemos demonstram isso”, comemora.
A diretora do Sigma, Fernanda Hatti, destaca que a tem orgulho de patrocinar o projeto. “O Sigma acredita na força das ações de responsabilidade social em relação à educação. Estamos honrados por colaborar com a divulgação da cultura nas escolas públicas de Londrina”, pontua.