Além disso, cole esse código imediatamente após a tag de abertura :
Loader

Blog

25 JUN Matemática para todos

Matemática para todos

No Colégio Sigma, em Londrina, uma atividade para alunos do Ensino Médio tem ajudado a mostrar que matemática é, sim, para todos! Na Oficina do Pensar, ministrada pelo professor de matemática Lucas Gotardo, os estudantes aprendem e revisam conteúdos de forma mais lúdica e relacionada ao cotidiano. “A ideia é mostrar que a matemática é algo palpável e faz parte do nosso dia a dia. Parece que é feita para poucos, mas todos nós a usamos diariamente”, destaca Gotardo. Para isso o professor leva para a sala de aula exercícios variados, sugere sites e aplicativos para os estudos e está sempre à disposição para tirar as dúvidas.

Além de abordar a disciplina de forma mais lúdica, a Oficina do Pensar tem o objetivo de ajudar os alunos do Colégio Sigma na preparação para as provas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Particulares (Obmep). Para a primeira fase, que aconteceu no início de junho, foram trabalhados exercícios que exigem mais interpretação e análise por parte dos alunos. Segundo Gotardo, a Olimpíada tem um foco diferente e busca promover um olhar mais amplo para a matemática. “E a forma como são apresentados alguns exercícios, estimulando mais interpretação do que a lógica, também reflete no desempenho dos alunos em outras disciplinas”, afirma o professor.

Já para a segunda fase das Olimpíadas de Matemática, marcada para setembro, as atividades serão mais aprofundadas.  Nos encontros semanais que acontecerão até a prova, Lucas vai trabalhar questões de probabilidade, geometria plana, raciocínio lógico, análise combinatória, entre outros. “São assuntos que já caíram em provas de anos anteriores da Obmep e que podem voltar a cair na segunda fase. Essa é uma etapa que exige um pouco mais do aluno”, lembra o professor, ressaltando que os exercícios mais interpretativos também fazem parte dessa etapa do concurso.

Sobre os alunos do Colégio Sigma que participam da oficina e que passaram para a segunda fase, Gotardo conta que é muito prazeroso quando percebe que depois das suas aulas e atividades propostas eles passam a entender e gostar mais de matemática. “É uma satisfação muito grande ajudar um aluno e perceber que o olhar dele para a matemática mudou e que conseguiu resolver um exercício”, comemora.

Lucas Eiji Hamada, aluno do 3º ano do Ensino Médio do Sigma, quer prestar vestibular para Física. Ele sabe que tem um desafio grande pela frente e começou a participar da Oficina do Pensar para aprimorar seus conhecimentos em matemática. Lucas conta que as aulas ajudaram para a preparação da primeira fase e que vai continuar na oficina para treinar mais para a segunda fase da Obmep. “Além da Olimpíada, as atividades ajudam também a se preparar mais para as provas do vestibular”, revela o estudante.

Quer participar da Oficina do Pensar? As atividades são abertas para os alunos da 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio do Sigma e acontecem sempre às segundas-feiras, das 14h às 16h.