Além disso, cole esse código imediatamente após a tag de abertura :
Loader

Blog

31 JUL Sigma apoia o projeto “batuque na caixa”

Sigma apoia o projeto “batuque na caixa”

Educação e cultura andam de mãos dadas e fazem parte da rotina do Colégio Sigma, em Londrina. E essa base serviu como estímulo para a instituição apoiar culturalmente um dos projetos mais antigos e legais da cidade: o batuque na caixa, que completa 20 anos em 2019.

O projeto, que nasceu do sonho do músico Aldo Môraes, leva arte para as escolas públicas, atendendo alunos e a comunidade no seu entorno. “Acreditamos que a cultura motiva e pode modificar a realidade de crianças e jovens”, ressalta Aldo. O idealizador do batuque na caixa, projeto que oferece oficinas de música, teatro e literatura, revela que tudo começou em 1999, depois dele ter ido morar em São Paulo, estudar e se especializar em música.

“Sou de uma família simples e tive muita dificuldade para ter acesso aos instrumentos musicais, às aulas de música. Quando tive oportunidade de sair e estudar, meu desejo era voltar e poder oferecer oportunidades culturais para a comunidade mais carente”, conta Aldo, lembrando que no início, em 1999, as oficinas do projeto aconteciam nos centros comunitários e com os anos foram levadas para as escolas.

Quem participa das oficinas, realizadas nos contraturnos, não precisa pagar nada. Os instrutores levam todos os materiais e equipamentos necessários e a escola sede o espaço para as atividades acontecerem. Além dos alunos de cada escola, o projeto também abre vagas para pessoas da comunidade. No primeiro semestre foram atendidos cerca de 150 alunos e o objetivo é poder dobrar o número no segundo semestre.

Dentro do projeto, o Sigma apoia a Exposição de Poemas, um circuito que percorre as escolas da cidade, levando apresentações literárias e poemas de diversos escritores e poetas de Londrina. “Essa exposição é uma forma de incentivar a leitura, falar sobre a importância do livro e ainda divulgar o trabalho de escritores da cidade”, diz Aldo.

Segundo ele, responsável pelo batuque na caixa, esse apoio do Colégio Sigma tem sido fundamental e por ser um apoiador da área da educação tem uma relação ainda mais forte com o projeto e consegue incentivar ainda mais a leitura e a cultura na cidade. Esse projeto de Exposição de Poemas está concorrendo ao Prêmio Internacional Iberbibliotecas 2018.

Para o Colégio Sigma é um prazer enorme apoiar um projeto como o batuque na caixa e contribuir para a disseminação da cultura pela cidade, dando oportunidades para que todos tenham acesso à arte, à música e ao teatro. E, claro, aqui no Sigma estamos todos na torcida para que o projeto vença o prêmio e consiga atender ainda mais alunos.